27 de nov de 2012

O ganhador do concurso Música no Museu é de Brasília: Victor Santana na BRAVIO (8 de dezembro de 2012)

Criei este post para parabenizar um amigo e colega de violão de Brasília: Victor Santana. Meus parabéns! A propósito, ele tocará no dia 8 de dezembro pela BRAVIO no SESC da 504 sul: www.bravio.mus.br.

Violonista Victor Santana, 21 anos, de Brasilia foi o vencedor do V Concurso Jovens Músicos-Música no Museu.A Bolsa da James Madison University foi ganha pelo percussionista Henrique Batista, 25 anos, do Rio de Janeiro. As provas finais foram realizadas neste sábado dia 24 de novembro na Academia Brasileira de Música. Os vencedores apresentam-se neste domingo dia 25 de novembro às 11:30hs no Museu de Arte Moderna(MAM). Estão todos convidados. Música no Museu, assim, encerra mais um evento de renovação da música clássica no Brasil. Foram 8meses de um trabalho profícuo de uma Comissão Organizadora formada por professores de várias escolas de música e que selecionaram 19 semifinalistas de um universo de 100 candidatos de vários naipes e de todo o Brasil.

Os Vencedores:
Victor Santana, violão.-Brasilia- 21 anos- 1o. lugar
Joao Elias, piano-Rio de Janeiro-22 anos.- 2o. lugar
Henrique Batista,percussão-Rio de Janeiro- 25 anos.- 3o. lugar
Alessandro Andrade, piano-Belo Horizonte- 24 anos.- Menção Honrosa
Anna Carolina Leone Ferreira e Silva, violão- Petrópolis-RJ-20 anos.- Menção Honrosa
Júri
O júri foi constituído dos seguintes nomes, todos de grande prestígio nacional e internacional:
1- Ricardo Tacuchian- Maestro e Compositor
2- Edmundo Villani-Cortes- Maestro e Compositor
3- Luiz Carlos de Moura Castro- Pianista e Professor
4- Paulo Bosisio- Violinista e Professor
5- Graça Alan- Violonista- Doutor em Música- Professora.
6- Erick Ruper- Pianista- Professor- Representante da James Madison University
7- Lauro Gomes- Musicólogo- Representante da Radio MEC
8-Gabriel Beavers- Professor da Louisiania University-USA
9- Michael Bartnik- Professor da Nicholls State University- USA
Renovação da música clássica com um prêmio de U$ 105 mil
Desde o início de Música no Museu, e aí já se passam 15anos, é oferecido espaço aos jovens músicos. Trata-se de uma filosofia que não se limita apenas a promover apresentações, mas dinamizar e expandir as atividades musicais a outros níveis. Se não o pioneiro, é constante nesta prática e, talvez, a única série que mescla, quase que em igualdade de condições, jovens e nomes de expressão, mas, claro, dando-lhes o verdadeiro valor e hierarquia. Só em 2008 realizamos 503 concertos. Em 2009, foram 532 - um recorde - e cerca de 30% foram destinados a estudantes e músicos recém-formados, assim como em 2010 com 502 concertos realizados. Em 2011foram mais de 400e em 2012 superarão os 450 concertos. Para os jovens que almejam uma carreira profissional no campo da música erudita, os concursos se apresentam como um dos meios mais eficazes para seu desenvolvimento artístico. Constituem excelente motivação para que se entusiasmem com o trabalho e com a prática da performance, fator imprescindível para seu crescimento. Considera-se, ainda, que, com a possibilidade de um reconhecimento público, possam-lhes gerar conquistas de novas posições no cenário artístico nacional ou mesmo internacional. O V Concurso Jovens Músicos - Música no Museu é uma iniciativa que tem por objetivo incentivar e promover oportunidades para estes promissores músicos, um verdadeiro investimento cujo resultado poderá ser a revelação de novos talentos. E continuamos com bons apoios, assegurando-se uma bolsa de estudos em uma centenária universidade americana, a JAMES MADISON UNIVERSITY, o que dá ao concurso uma dimensão internacional.E mais uma vez o número de inscrições do nosso V Concurso Jovens Músicos-Música no Museu foi dos mais expressivos. O Concurso está consolidado no panorama da música clássica já que inscreveram-se nomes de todo o Brasil, o que deixou os organizadores muito orgulhosos. A Comissão Organizadora se congratula com os 19 semifinalistas selecionados pelo alto nível apresentado e agora, com os vencedores.

Serviço:
Dia 25/ domingo / 11h30min
MUSEU DE ARTE MODERNA - MAM
Rua Infante Dom Henrique s/n - Centro / Capacidade: 200 lugares
APRESENTAÇÃO DOS VENCEDORES DO V CONCURSO JOVENS MÚSICOS:
Victor Santana-violão, João Elias-piano e Henrique Batista- percussão.

Vejam o edital do evento:
http://www.musicanomuseu.com.br/pdf/V_CONCURSO_J_M.pdf

Leiam uma matéria no Correio Braziliense sobre o Victor Santana:
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2012/11/26/interna_diversao_arte,335807/victor-santana-de-sobradinho-ganha-concurso-jovens-musicos.shtml

Belo vídeo do Victor:
http://videos.r7.com/jovem-de-sobradinho-vence-concurso-de-violao-classico/idmedia/50be7cd6b61cd1de2fe22a31.html

Link da BRAVIO:
http://bravio.mus.br/recitais/2012/Victor_Santana/Victor_Santana.html

3 comentários:

  1. Sarau da BRAVIO – Dia 8 de dezembro às 17 horas:


    1) Thiago Vilella:
    -Tango en Skaï (Roland Dyens);
    - La Catedral (Agustín Barrios) II.Andante Religioso e III.Allegro.
    10 minutos.

    2) Fabiano Borges: GUARANÁ
    - Aguas Escondidas (Pablo del Cerro, versão: Atahualpa Yupanqui);
    - Fantasia Húngara (J.K.Mertz);
    - Fantasia sobre um Tema de La Traviatta (J.Arcas).
    16 minutos.

    3) Marquinhos Moraes:
    - Palhaço (E.Gismonti) arranjo: Sérgio Assad;
    - Baião Malandro (E.Gismonti) arranjo: Marcus Moraes;
    - Amigo até o Fim (Marcus Moraes)
    - Tempo de Criança (Dilermando Reis) Duo com Fabiano Borges (violão sete cordas)
    15 minutos.

    4) Alessandro Borges:
    - Prelúdios Americanos I. Evocación e III Campo (A. Carlevaro)
    - Estudo 8 (H. Villa-Lobos)
    - Moderninho (Dilermando Reis)
    15 minutos.

    5) Igor Louly: Milonga (Jorge Cardoso)
    3 minutos.

    6) Gabriel Strauss:
    - Fantasia (John Dowland);
    - Giga da suite n° 1 para violoncelo (J.S.Bach);
    - Valsa para os pianeiros (Gabriel Strauss).
    12 minutos.

    ResponderExcluir
  2. Eis o programa de concerto:

    - Prelúdios 3, 1 e 2, Estudo nº11 (Heitor Villa-Lobos)
    - Peças líricas 3, 1 e 7 (Edvard Grieg)
    - Sonata (Léo Brouwer)
    - En los trigales (Joaquín Rodrigo)
    - Grand Overture (Mauro Giuliani)

    Assistam a este belo vídeo do Victor: http://www.youtube.com/watch?v=Jx59izVo5yQ.

    Abraços musicais!

    ResponderExcluir
  3. lembrando do
    Sarau da BRAVIO – Dia 8 de dezembro às 17 horas:


    1) Thiago Vilella:
    -Tango en Skaï (Roland Dyens);
    - La Catedral (Agustín Barrios) II.Andante Religioso e III.Allegro.


    2) Fabiano Borges:
    - Aguas Escondidas (Pablo del Cerro, versão: Atahualpa Yupanqui);
    - Fantasia Húngara (J.K.Mertz);
    - Fantasia sobre um Tema de La Traviatta (J.Arcas).


    3) Marquinhos Moraes:
    - Palhaço (E.Gismonti) arranjo: Sérgio Assad;
    - Baião Malandro (E.Gismonti) arranjo: Marcus Moraes;
    - Amigo até o Fim (Marcus Moraes)
    - Tempo de Criança (Dilermando Reis) Duo com Fabiano Borges (violão sete cordas)


    4) Alessandro Borges:
    - Prelúdios Americanos I. Evocación e III Campo (A. Carlevaro)
    - Estudo 8 (H. Villa-Lobos)
    - Moderninho (Dilermando Reis)


    5) Igor Louly:
    - Milonga (Jorge Cardoso)
    - Registro - Antonio Lauro
    - Choros n1 - Villa Lobos


    6) Gabriel Strauss:
    - Fantasia (John Dowland);
    - Giga da suite n° 1 para violoncelo (J.S.Bach);
    - Valsa para os pianeiros (Gabriel Strauss).


    7) Tayro:
    - Estudos sencilios nº1 - Leo Brouwer
    - Seis Variações Op.45 - Mauro Giuliani

    ResponderExcluir